betsson

Objetivo

Ampliar a oferta de educação de jovens e adultos articulada com a educação profissional

edu_eja.PNG
Iniciativas
  1. Proposição de nova metodologia educacional na educação de jovens e adultos;
  2. Promoção da formação continuada para professores e gestores da educação de jovens e adultos.

 

Foram realizadas 6 ações para alcançar esse objetivo:

  • 2 ações de defesa de interesses;
  • 4 ações de prestação de serviços.

 

AÇÕES DE DEFESA DE INTERESSES
Ação 1:  Aprovação da metodologia para Educação de Jovens e Adultos (EJA) articulada à Educação Profissional - evasão e tempo de conclusão

O SESI apresentou e defendeu, em dezembro de 2022, a aprovação da metodologia de Educação de Jovens e Adultos articulada à Educação Profissional no Conselho Nacional de Educação e nos Conselhos Estaduais de Educação para divulgação dos resultados, tais como a diminuição de evasão e do tempo de conclusão.

 

Ação 2:   Defesa da criação e ampliação de políticas públicas obrigatórias para EJA

Participação do SESI no grupo de especialistas da UNESCO - Instituto de Educação ao Longo da Vida, responsável por estruturar um documento internacional de orientação para criação e ampliação de políticas públicas obrigatórias para Educação de Jovens e Adultos.
Em continuidade às ações de capacitação, entre 2019 e 2021 foram capacitados mais de 1.500 profissionais na modalidade EaD e realizamos formação presencial dos professores, coordenadores, gestores, secretários escolares e responsáveis pelo LMS - Learning Management System, Portal SESI Educação e Sistema de Gestão Escolar - SGE para implementação da Nova EJA e EJA Profissionalizante nos estados do Acre, Rondônia, Sergipe, Paraíba e São Paulo.
No período de 2018 a 2022 foram matriculados 164.638 estudantes na Educação de Jovens e Adultos do SESI.

 

AÇÕES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
Ação 3:  Nova EJA – taxa de conclusão

No período de 2018 a 2022 foram matriculados 796.239 estudantes na Educação de Jovens e Adultos da SESI.
Em 2022, 52% das matrículas da Educação de Jovens e Adultos da Rede SESI estavam integradas à Educação Profisisonal, enquanto no Brasil este percentual é de apenas 3,5%. Ainda em 2022, vale registrar que a taxa de conclusão da Nova EJA SESI atingiu 72,1%.
Os alunos matriculados nas escolas da Rede SESI dos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Paraíba, Piauí, Tocantins e Distrito Federa atingiram 100% de conclusão da Educação de Jovens e Adultos profissionalizante do ensino médio.
O SESI é a única rede que atende aos critérios de um material didático para Educação de Jovens e Adultos, alinhado aos pressupostos preconizados na Base Nacional Comum Curricular, sendo este desenvolvido de forma autoral e com participação dos professores.

 

Ação 4:  Aproximação Rede SESI e a indústria para garantir aderência entre os cursos oferecidos e as demandas do setor produtivo

Aproximação entre a Rede SESI e a indústria para adequação da oferta de cursos de Qualificação Profissional aderentes às necessidades das empresas. Foram realizadas reuniões técnicas entre representantes do SESI nos estados e as indústrias locais para identificar as necessidades de cursos de qualificação profissional em cada localidade e obter subsídios para a contextualização do currículo de acordo com as demandas das indústrias locais.


Ação 5:  Disseminação da metodologia EJA concatenada a áreas industriais

Disseminação de metodologia de Educação de Jovens e Adultos articulada à Educação Profissional concatenada a oito diferentes áreas industriais, possibilitando ao trabalhador a conclusão dos estudos em até um ano.

 
Ação 6:  EJA – capacitação de professores

Em 2018, o SESI capacitou mais de 1.200 profissionais da educação em cursos específicos para EJA, com foco em Reconhecimento de Saberes, formação por área de conhecimento, trabalho colaborativo, competências socioemocionais para professores e gestores, na modalidade de Ensino à Distância (EaD), além de capacitações presenciais e da disseminação de materiais de estudo. Como resultado da melhor capacitação dos professores, observa-se redução da evasão escolar nos cursos de EJA.
Em continuidade às ações de capacitação, entre 2019 e 2021 foram capacitados mais de 1.500 profissionais na modalidade EaD e realizada formação presencial de professores, coordenadores, gestores, secretários escolares e responsáveis pelo LMS - Learning Management System, Portal SESI Educação e Sistema de Gestão Escolar - SGE para implementação da Nova EJA e EJA Profissionalizante da Rede SESI de Educação nos estados do Acre, Rondônia, Sergipe, Paraíba e São Paulo.

 

AÇÕES RELACIONADAS:

Elaboração e divulgação do documento “Educação: a base para a competitividade”, no âmbito da série Propostas da Indústria para as Eleições 2018, contendo propostas para priorizar a educação para a inclusão socioprodutiva, por meio da melhoria e de novo foco para a educação de jovens e adultos. O estudo está como ação do objetivo “Ampliar a oferta da educação profissional alinhada às demandas do setor produtivo”. 

Elaboração e divulgação do documento “Educação: a juventude e os desafios do mundo do trabalho”, no âmbito da série Propostas da Indústria para as Eleições 2022. O documento apresenta propostas para aprimorar a educação brasileira, em consonância com as demandas do setor produtivo nacional. As principais propostas são: a implementação do Novo Ensino Médio, a promoção da educação profissional e a garantia de recursos para que o sistema educacional do Brasil aproveite os benefícios da era digital, incorporando novas tecnologias e promovendo a inovação. A construção do capital humano é condição essencial para o desenvolvimento de um país. Por isso, o sistema educacional deve oferecer oportunidades a todos e estar sintonizado com os avanços científicos e tecnológicos. O estudo está como ação do objetivo “Ampliar a oferta da educação profissional alinhada às demandas do setor produtivo”

.

betsson Mapa do site

1234