betsson

Programa de capacitação em Inglês beneficia mais de 5 mil estudantes do SESI e do SENAI

Em quatro anos de funcionamento, mais de cinco mil alunos participaram em dezenas de cidades brasileiras do Conexão Mundo, programa de aperfeiçoamento em língua inglesa

A metodologia do programa envolve dinâmicas, jogos e simulação de situações comuns do mercado de trabalho, influenciando positivamente as escolas participantes

Em 2012, o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) , em parceria com a ONG americana US-Brazil Connect , lançaram o Conexão Mundo, programa de aperfeiçoamento em língua inglesa que mudaria a vida de centenas de estudantes. O projeto reforça o aprendizado do idioma a alunos do ensino médio do SESI e de estudantes do SENAI ao introduzir os jovens à cultura norte-americana e ao promover intercâmbio nos Estados Unidos. Em quatro anos de funcionamento, mais de cinco mil alunos participaram em dezenas de cidades brasileiras. Em 2012, foram 200 alunos no projeto piloto. No ano seguinte, 800. Em cada uma das outras duas edições, de 2014 e 2015, o programa atendeu mais de 2 mil alunos.

Yan Nunes, 21 anos, foi da primeira turma do Conexão Mundo, na capital baiana. Na época, ele se apaixonou tanto pelo idioma que passou a ler somente livros em inglês. Antes da experiência com o programa do SESI e do SENAI, ele sonhava em ser físico. Depois, mudou os planos e, atualmente, cursa Engenharia de Automação e Controle na faculdade. “A maioria da literatura técnica na área de automação e computação é em inglês. O Conexão Mundo me ajudou bastante”, diz o jovem, que já faz planos para o mestrado e doutorado no exterior, influenciado pelo programa.

Os estudantes com melhor desempenho viajam para os Estados Unidos

ETAPAS - O Conexão Mundo é constituído por três etapas: na primeira, alunos brasileiros interagem com monitores americanos pelo Facebook e por Hangouts (bate-papos com webcam pelo Google). Logo em seguida, na etapa dois, os monitores vêm ao Brasil para continuar o ensino do idioma presencialmente nas escolas. A terceira etapa segue com as mesmas características da primeira.

A metodologia envolve dinâmicas, jogos e simulação de situações comuns do mercado de trabalho, influenciando positivamente as escolas que participam do programa. “O conceito do Conexão Mundo é aproveitar ao máximo as ferramentas disponíveis no ambiente virtual e que os jovens já utilizam para que aprendam e desenvolvam os conhecimentos de inglês a partir delas”, afirma o diretor-adjunto de Educação e Tecnologia da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sérgio Moreira.

CARREIRA - Matheus Freire, 18 anos, participou da última edição do Conexão Mundo (2015), em Maceió. Ele conta que o programa foi fundamental para sua futura carreira. “Fiz o curso técnico de Administração no SENAI e percebi com o Conexão Mundo que o inglês é a língua dos negócios”, diz.

De Sumaré, cidade próxima a Campinas, em São Paulo, Eduardo Costa, 18 anos, também participou do programa, finalizado recentemente. “Quando me inscrevi, pensei que fosse um curso convencional de inglês, mas é muito melhor”. O jovem acaba de concluir o ensino médio e, entre seus planos, está o de trabalhar na área de engenharia eletrônica. “Com o Conexão Mundo, aprendi a contextualizar o conhecimento do idioma, e também a pesquisar e a como usar melhor o inglês. O programa me ajudou até a perder o medo de falar em público”, completa Eduardo.

INTERCÂMBIO - Em cada edição, os estudantes com melhor desempenho viajam para os Estados Unidos para uma imersão no país e na língua inglesa. Eduardo foi um deles. “Gostei tanto da experiência que agora quero voltar para um intercâmbio universitário”, diz.

Elissandra Duarte, 18 anos, também de Maceió, ressalta que a viagem a fez amadurecer para lidar com as situações do dia a dia e também mudar a sua visão de mundo . “Cada segundo que passei nos EUA foram importantes para o meu aperfeiçoamento e para desenvolver habilidades que serão primordiais para a minha vida profissional e pessoal”, ressalta.

AMADURECIMENTO E INOVAÇÃO - Com o programa, o Sistema Indústria proporciona a vivência acadêmica e profissional para os estudantes do SESI e do SENAI. Ele favorece o aprimoramento na fluência do idioma e estimula o amadurecimento dos estudantes por meio de um relacionamento intercultural, além de inovar no uso de redes sociais populares como parte da metodologia do projeto.

Relacionadas

Leia mais

VÍDEO: Ex-aluno e ex-professor destaca a qualidade do ensino do SESI
10 fatos que comprovam a transparência do SESI e do SENAI
5 cursos online e grátis do SESI para você se capacitar sem pagar nada

Comentários

betsson Mapa do site