betsson

Edição 2014 do Cine Sesi vai beneficiar 16 municípios do Estado

Atração que já contemplou 200 mil pessoas nas três edições anteriores levará cultura a 16 municípios do Mato Grosso do Sul que não têm salas de exibição de filmes

Com público de quase 200 mil pessoas em três edições realizadas em Mato Grosso do Sul, o Cine Sesi, que leva cinema de graça para os moradores das cidades do interior onde não têm salas de exibição de filmes, teve a sua 4ª etapa lançada nesta segunda-feira (17/03) pelo presidente da Fiems, Sérgio Longen, em evento no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande (MS). "Essa ação contribui por levar cultura para todos os municípios do Estado. É mais um fruto da parceria com os prefeitos", declarou, reforçando que esse projeto de responsabilidade social contribui para divulgar as ações do Sesi no Estado.

Para a edição deste ano, serão contemplados 16 municípios: Anastácio, Antônio João, Bataguassu, Brasilândia, Caracol, Chapadão do Sul, Coronel Sapucaia, Douradina, Inocência, Jardim, Ladário, Pedro Gomes, Porto Murtinho, São Gabriel do Oeste, Sete Quedas e Sonora. As primeiras cidades contempladas serão Douradina, nos dias 21, 22 e 23 de março, Antônio João, nos dias 27, 28 e 29 de março, e Caracol, nos dias 4, 5 e 6 de abril.

Na avaliação do vice-presidente da Assomasul, Heitor Miranda dos Santos, prefeito de Porto Murtinho, esse projeto leva cultura e entretenimento para a comunidade. "Essa parceria só tem gerado melhoria para o povo, que recebe a biblioteca do Sesi, os cursos do Senai e agora o cinema de graça", ressaltou.

O senador Delcídio do Amaral completa que o Cine Sesi vai significar muito para os moradores das cidades do interior do Estado. "Eu conheço o interior do nosso Estado e sei que muitos nunca tiveram a oportunidade de ir ao cinema. Para muitos, será a realização de um sonho", destacou.

Para o prefeito de Antônio João, Selso Lozano, a chegada do Cine Sesi movimenta os moradores da cidade, que têm a oportunidade de passar um dia diferente. "A chegada da Fiems no município trouxe muitos benefícios para a população, além da qualificação, uma nova perspectiva e uma inserção social", comentou.

A aposentada Adriana Nascimento Lopes, 41 anos, conta que veio participar da exibição de pré-estreia do Cine Sesi junto com 65 crianças de uma ONG (Organização Não Governamental) em que presta serviço. "Essa iniciativa representa uma oportunidade única para os jovens. É transformar uma fantasia em realidade, pois este mundo não é muito comum para eles, já que os pais não têm condições de pagar o cinema", disse.

Para a estudante Gabriela de Souza Costa, 11 anos, a sala de cinema é uma novidade. "Eu assisti um filme em uma tela gigante apenas uma vez e ter essa emoção de novo é uma alegria. Adorei estar aqui com os meus amigos, comer pipoca e nos divertirmos", falou.

Já o servente de pedreiro Jackes Gonçalves Brites, 23 anos, disse que veio com o irmão e acredita que a oportunidade é uma chance excepcional para aqueles que não tem condições de ir ao cinema. "Não é sempre que podemos ver um bom filme e participar desse dia está sendo muito bom", afirmou.

Relacionadas

Leia mais

Nova associação defende os direitos autorais de diretores de cinema e audiovisual
Cineastas brasileiros criam entidade de defesa do direito autoral
Senai inicia mais 4 cursos gratuitos do Ação Fiems Campo Grande

Comentários

betsson Mapa do site